segunda-feira, 21 de julho de 2008

O Mundo dá voltas

O ministro das relações exteriores Celso Amorim (eu sou a favor de uma vírgula entre o cargo e o nome da pessoas, mas...) declarou que as conversas de hoje sobre a Rodada de Doha na Organização Mundial de Comércio foram inúteis.

Essa tal Rodada determinaria se os países desenvolvidos iriam tirar suas tarifas protecionistas na agropecuária, o que ajudaria os países em (eterno) desenvolvimento.

Determinaria, porque essa rodada está rodando há setes anos, dando voltas sem chegar a lugar nenhum, numa grande enrodação, digo, enrolação.

Um comentário:

thiago meia disse...

"roda discurso e expediente/
roda corrente de opinião/
o mundo rodando com a gente/
só não roda a situação!"'