domingo, 31 de agosto de 2008

Dois V

O MASP emprestou uma obra de arte ao museu do Louvre, na França.

Ufaa... só de ler "MASP" no começo da notícia já achei que o museu paulistano estava com uma obra a menos por outro motivo.

EsTudo Errado

Convém fazer algumas observações aqui sobre o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

Engraçado, porque após 4 anos prestando o ENEM (Desde o 2ºAno do Ensino Médio até o segundo ano de cursinho), fiquei até com uma ligeira saudade ao andar pelo metrô em São Paulo e ver os candidatos voltando da prova com seus papéis na mão.

Depois de ouvir muitas teorias sobre a validade, sobre a facilidade, sobre a eficiência da prova vou caminhando para uma interpretação da prova. E aqui vão mais algumas palavras tortas...

Nestes quatro anos...

Toda vez que eu saia da prova e pegava metrô e onibus para voltar pra casa, escutava conversas de como a prova tinha sido difícil, de que deixaram algumas questões sem ao menos ler, de que não compreenderam o tema da redação, e diversas dificuldades...(principalmente no ônibus com, COSTUMEIRAMENTE, pessoas de classe mais baixa)

Até chegar no dia seguinte na escola (Particular mas de qualidade totalmente duvidosa) ou no cursinho (De grande esforço e qualidade - admirável PARA O VESTIBULAR), e ouvir discursos de como a prova tinha sido fácil, de como as pessoas quase iriam gabaritar o ENEM, de que era uma prova que não avaliava e etc, etc.

Pensando sobre essas coisas, vou no caminho que um professor meu seguia(do próprio cursinho) - Salve Sidão - e acho que o ENEM cumpre justamente o seu objetivo: Analisar o Ensino Médio Brasileiro.

Vemos um ensino público falido, com resultados deploráveis, inclusive no ENEM.

E uma uma classe méRdia pedante que além de não conseguir admitir a proposta da prova, ainda a desconsidera por se achar superior a ela, ou siplesmente pela necessidade de se colocar acima de alguma coisa. (O velho medo de estar perto da pobreza e a esperança em alvançar de qualquer modo à riqueza)

Vale observar que muitos são os que falam, pouquíssimos os que efetivamente gabaritam.

Logicamente, não pretendo aqui colocar qualquer grau de justiça na prova do ENEM ou em qualquer forma de avaliação classificatória para o vestibular.

Tanto não é, que o ENEM, em uma proposta de levar a avaliação ao verdadeiro nível do Ensino Médio ( o que na maior parte é público). Demonstra em seus resultados, nada mais que o antagonismo e o bruto resultado de um ensino injusto e ineficaz.

Quanto aos vestibulares, guardo algumas observações para daqui alguns meses...



Obs: O título sendo o mesmo da música de Gabriel, o pensador "Estudo Errado"

sábado, 30 de agosto de 2008

A alienação dando resultado

Pesquisa revela que o Brasil tem o povo mais otimista do mundo...
A pesquisa perguntou ao mundo se previa um futuro mais feliz que o presente. Tem até uma comparação do nosso otimismo com o da Dinamarca.
É um dos poucos rankings mundiais nos quais ficamos com a nota alta :8,4. Isso explica por quê as outras notas são tão baixas...estamos investindo muito em otimismo!
Também pudera, pior do que está é muito difícil ficar...

megalomania...

Não é a tôa que o presidente dos Estados Unidos apóia a Georgia nos conflitos do Cáucaso...
Afinal , George W Bush teria que retribuir a homenágem, não é mesmo?
E vão me dizer que vida de diplomata que é difícil!

DIÁRIO DA SEMANA

APÓS DESCOBERTA DA ÁREA PRÉ-SAL GOVERNO SOFRE PRESSÃO-ALTA DE EMPRESAS

Gilberto Gil manda aquele abraço e Lula fica esperando novo ministro na janela

Devastação no cabelo do Carlos Minc cresce 22%
De acordo com estatísticas, em 2050 a careca do ministro será um cerrado

TAXA DE IMPOSTOS AUMENTA E FICA DO TAMANHO DA LUA NESTA MADRUGADA

STF PERMITE CANDIDATURA DE ANENCÉFALOS NAS ELEIÇÕES

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Quatro páginas de liberdade ou de displicência.

http://blogdofred.folha.blog.uol.com.br/arch2008-08-24_2008-08-30.html


Incrível a seriedade da justiça no Caso Dantas.

Simplesmente, o presidente do Supremo Tribunal Federal não leu as últimas 4 páginas do processo que pedia a prisão de Daniel Dantas.

Desconsiderou, não dando importância para as páginas que estavam sendo reformadas.

Não aguardou o despacho completo, despachou Dantas da prisão e com ele, mais uma vez, a seriedade que deveria estar intrínseca ao poder judiciário brasileiro.

domingo, 24 de agosto de 2008

Considerações finais olímpicas

Sou fã de Galvão Bueno (um dos culpados por eu escolher jornalismo), mas ele exagerou na final do vôlei feminino em Pequim. Quase não narrou o ponto do jogo por chorar.

Mas gostei do seu discurso pedindo apoio ao esporte depois da final do vôlei masculina. O tipo de coisa que só se pode falar no fim dos jogos.

E a Band? Achei sua cobertura melhor que a da Globo, já que a emissora não é presa há uma programação tão fixa. Mas tem que melhorar muito sua equipe.

Uma coisa que não gostei da transmissão da Globo foi o link com a casa dos atletas. A família lá torcendo, o narrador falando deles, um repórter com a turma. Fica meio apelativo.

Bom. Agora que acabou, os chineses já podem voltar à santa paz celestial(?!).

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Direitos autorais iguais

Em 1970, parte da turma do Pasquim(jornal de humor crítico do governo) foi presa por publicar no folhetim uma reprodução do quadro do grito da independência de D.Pedro às margens do Ipiranga. Na imagem, D.P. dizia "Eu quero mocotó!". Foi suficiente para autuarem os jornalista por ameaça à segurança nacional...

Bom, aí vai uma continuação (marcas de uma aula chata de faculdade)

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

país errado...

Não bastasse nossos militares, sem executar nenhuma função expressiva no país, quererem meter o bedelho no Haiti , ou em favor de Paulo César Quartiero em Roraima, nos deparamos agora com uma nova vergonha.
Monges Birmaneses vieram ao Brasil para pedir apoio para derrubar a junta militar que oprime a população local.

Justo agora que o exército decidiu, seguindo o costume bastante democrático, que as discussões sobre os documentos da nossa ditadura militar estão encerradas. Como será que o senhor Nelsom Jobim vai receber os monges?

É bom contarem pra ele que a operação Condor já acabou...

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Aqui do lado, "cangaceiros"!

E a polícia pernambuca prende em operação, com mais de 50 mandatos de prisão, três grupos de extermínios na cidade de Gararapes.

Entre esses "cangaceiros", políciais, empresários e dois candidatos a vereador.

Um exemplo a ser seguido não?

"Cangaceiros" no Século XXI, em um país cada vez mais evoluído, sociedade democrática, neoliberal, igualitária, organizada... Uma Beleza!


http://noticias.uol.com.br/ultnot/multi/2008/08/20/04023166E4890326.jhtm?pernambuco-policiais-desarticulam-grupos-de-exterminio-04023166E4890326

Tem concurso?

Alguém sabe como me matriculo para essa escola de Frankfurt? Os meus professores falam dela só por cima, dizem que é muito boa, é importante para a mídia e tal. Só que não dão mais informações.

Anos depois

Piada a la Adão (Folha Ilustrada):

Marcinho, 22 anos, estudante de direito, bancado pelo papai:
-Ô paiê. Arruma mais uma grana pras festa!

Doutor Marcio Dias Oliveira, 56 anos, magistrado, formador de opinião:
-Pensão para filhos maiores de 18 anos é um absurdo! Só favorece a vagabundagem!


terça-feira, 19 de agosto de 2008

contra o tempo

O Estadão divulgou o tempo de propaganda disponível aos candidatos a prefeitura de São Paulo.
A definição dos horários é tão exata que chega a marcar os centésimos aos quais cada candidato tem direito.
Já tem partido pensando em contratar o nadador Michael Phelps pra cordenar a campanha...

domingo, 17 de agosto de 2008

olimp.com

Saiu no globo.com. Tem atleta treinando via e-mail. Ele recebe a mensagem do treinador dizendo o que deve fazer e (teoricamente) entre em ação.

Se a coisa continuar assim, do jeito que o Brasil tem tantos internautas, em pouco tempo conquistaremos medalhas nos jogos Spam-Namericanos.

sábado, 16 de agosto de 2008

No dos outros é refresco

Curioso os radiodifusores fazerem campanha sobre a liberdade de expressão comercial , contra a classificação indicativa do José Romão, ex diretor do Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação (Dejus), da Secretaria Nacional de Justiça, e nem ao menos comentarem o projeto do senador Azeredo.
Censura, referência ao Doi-Codi, agressão a liberdade de expressão, é isso!

Redundância

O que acontece hoje , e o que já aconteceu, nos dois links. Bom saber.
Neste , há uma série de casos envolvendo nomes e fotos de pessoas nas quais não me parece muito sensato votar.
Naquele , uma série de medidas que nos protegeriam de tantos novos casos de corrupção.
Pena que as pessoas citadas no link do que já aconteceu se não são as que deveriam aprovar as propostas na lista das ferramentas que temos hoje, são bastante íntimas delas.
A esperança de solução para a ridícula situação reside no que pode acontecer , se é que vai acontecer...

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Pega de saias curtas

O site brasileiro ig noticia nesta quinta (14/08) que uma estudante de 20 anos foi expulsa de um shopping nos EUA, e que contratará um advogado para processá-los.

Agora vale fazer algumas observações:

Absurdo seria a estudante ir com roupa supostamente indecente em shopping?

Ou o shopping, que não deve estabelecer qualquer forma de discriminação, expulsar a mencionada estudante?

Ou ainda mais absurdo, uma notícia (de importância discutível) ser considerada na mídia de seu país de origem e, principalmente, no Brasil?

Obs: A estudante se revelou ainda um tanto quanto caridosa alegando que todo o dinheiro que possivelmente ganhará no processo será doado para alguma instituição de caridade.

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Pequimera

Pérolas olímpicas:
Menina que "cantou" na abertura dos jogos foi dublada, por outra menina que cantava melhor mas foi considerada feia.

Começa a corrida pelo ouro em "não é bem assim"... na verdade é uma medalha de bronze coberta de ouro... na verdade um material que imita ouro.

Olho grande

A Rússia apóia Estados separatistas ao norte da Geórgia. Os Estados Unidos apóiam a Geórgia, não exatamente de forma declarada, de fato , o que se vê é uma oposição ao apoio russo.
Pra o ego de quem queria anexar a Abkhásia e a Ossétia do Sul, se acostumar com a idéia de ser dividida em Geórgia do Norte e Geórgia do Sul, como era praxe das potências envolvidas na história, não deve ser nada legal .

Platoon de novo?

É ouro pro Brasil!!!!!

O Brasil começa e termina discussões sobre a Lei de Anistia nas proximidades de grandes eventos esportivos.
E assim, vai extendendo mais um récorde.
Assim como conseguiu primeiro lugar em "Preservação do Status Quolônia" e "Protelação de Abolição da Escravatura" , a nação brasileira se pretende campeã em postergar a revisão dos privilégios concedidos a torturadores pela Lei de Anistia.
Pensando em Nelson Jobim , a comparação é inevitável:

Cada país tem o Michael Phelps que merece.

mãos ao alto

Esta proibido o uso de algemas a presos que não representem perigo iminente a sociedade.
Desta forma , impossibilita-se o uso delas com intuito de humilhar os réus , sobretudo de distintos cavalheiros a quem costumeiramente se acusa de criminosos do colarinho branco.

Pronto , agora os políticos e empresários corruptos que forem presos não têm mais de que se envergonhar.

Umbigologia

Está tudo programado pra que o Ministério das Comunicações a SECOM e a Anatel os órgãos que regulam a comunicação no Brasil funcionem perfeitamente.
Só há um problema:
Eles não se comunicam...

Reflexão metafísica segundo neo-filosofia tosquiana

Completando uma máxima:

"Não existe pecado abaixo da linha do Equador"

...nem da do umbigo...

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Acabou, falei?

Militares consideram encerrada a polêmica sobre a Lei da Anistia.

Impor o fim da questão é bem típico, não é?

E o ministro do STF, Gimar Mendes, pediu para que se encerrassem as discussões sobre o mesmo assunto...

Esse [não] é [bem] um país que vai pra frente...

Não diga

A Russia deverá ter grandes dificuldades diplomáticas com a Europa e com os Eua por conta do apoio à Ossétia do Norte, república que tenta se separar da Geórgia.
Quem viu a Rodada de Doha não achou isso nenhuma novidade...

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

domingo, 10 de agosto de 2008

Fogo no morcego

Ultimamente se fala muito em China e em Batman. Sem falar que um dos 426 vilões da superprodução é um mega empresário do país.

Mas se os chineses não tivessem inventado a pólvora, que seria daquele filme? Tem poucas explosões e tiros...

sábado, 9 de agosto de 2008

Vaialá

Jornal norte-americano enfatiza empenho de Lula para trazer Olímpiadas para o Brasil em 2016.

Ele tá é querendo se vingar do sucessor, caso seja da oposição. Afinal, vaias Olímpicas são para o mundo todo.

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Fichando a limpa

O Supremo Tribunal Federal liberou a candidatura de quem tem "ficha suja", a menos que o sujeito tenha perdido o processo até a última instância (quando há uma burocracia bem discreta de alguns anos de julgamentos e tal).
Quem votou a favor do veto (vem aí uma complicação semântica... bom, quem deixou o candidato ficha suja concorrer) alegou que estava na Constituição que todo cidadão tem direito a se candidatar, blá blá.
Bom, se estavam votando a respeito desse assunto, não quer dizer que era pra mudar esse direito mencionado na Constituição? Resolveram não mudar por quê?
E esses cara concorrendo correm um sério risco de se elegerem.

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Livro livre

Diferente de quem compra mp3, celulares coisa e tal, quem gasta um bom dinheiro para comprar um livro desses especiais não precisa se preocupar muito em deixar o produto em cima da mesa, à mostra.
Ninguém vai roubar... ninguém fica de olho, espera um momento de distração e tira das suas mãos.
(Lado positivo da falta de cultura geral?)
E nem tem falsificação de livro, né?

Tô reclamando?

Credo

Dizem por aí que o homem ocidental é bastante cético. DUVIDO!

Segredo histórico

Espantado, o historiador parou de ler, fechou o livro e percebeu que descobrira o motor da História: Briga-se por qualquer merda.

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Militares x Militantes

Esses dias algumas seqüelas da Ditadura Militar brasileira voltaram às paginas dos jornais. O Ministro da Justiça, Tarso Genro, defendeu que os torturadores fardados de outrora sejam investigados e condenados por seus crimes. Nada mais justo, não acham? Os militares reagiram alegando que caso sejam investigados torturas Estatais, deveria-se também investigar e punir os criminosos da esquerda, os militantes.

Aí o que se viu na mídia foi inesperado: vários textos foram escritos concordando com os militares, tentando reforçar que os militantes também tinha nome sujo no cartório e que a alta cúpula do Governo Lula e seus antigos aliados era formado por esses vilões, como Dilma Roussef, José Genoíno, José Dirceu. cartas de leitores publicadas refletiam esse mesmo pensamento

Talvez não seja uma postura tão imprevisível da mídia, afinal muitos jornais impressos ou televisivos tratam aquele período como "Regime", um eufemismo para um governo autoritário. Por outro lado, tem toda aquela história de resistência, em parte verdadeira, dos veículos jornalísticos contra a censura, coisa e tal.

O problema é o seguinte: com toda essa discussão, deixam os militares para segundo plano. Não se deve esquecer todos os tipos de atrocidades que eles cometeram "em defesa da ordem e da democrácia", como eles gostavam de mentir.

Há histórias de assassinatos brutais como amarrar uma pessoa a um gipe e acelerar, estupros, torturas de familiares na frente dos presos, pressão psicológica, uso de choques elétricos, atentados a bomba disfarçados, multilações genitais, perseguições.

Com tudo isso, não tem como aceitar o perdão vergonhoso da Anistia aos torturadores(e alegam que trata-se de uma medida feita para "deixar para trás as marcas desse período").
Sobre os militantes, sim, devem ser processados também. Nem a luta pela democracia vale a morte de um inocente. Essa filosofia de tornar matadores em heróis não deveria colar mais.

Mas por favor, não passem a mão na cabeça dos monstros do passado.

e o medo de dizer "Alô"?

Se as escutas telefônicas são autorizadas para investigar criminosos que criaram um tribunal ilegal , nada mais justo que sejam utilizadas para investigar quem se vale dos tribunais federais para cometerem seus atos ilícitos não acha?
Parece até que o pessoal da polícia não tem experiência com escutas, né?Ou que a ética os impede de tomar algumas medidas para proteger a população...

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

De um poema de Manuel Bandeira

É uma notícia pitoresca.
Dessas que parecem ter sido escritas por algum poeta modernista de tão incomuns que são.
Um polícial carioca bêbado se envolveu em uma briga e atirou num sujeito.
O incomum da nota?
Ele foi preso...

Não é folga não!!

O Presidente do Senado , Garibaldi Alves (PMDB-RN), sugeriu um recesso branco para o Congresso. Seguindo esse recesso branco, os senadores ,trabalhariam nove dias em Brasília pelos próximos três meses. Talvez fosse o período mais longo em que os senadores teriam trabalhado por lá.
Segundo Garibaldi , o período não é um descanso( tão merecido, aliás):
"Quando diz folga, dá a impressão que os senadores vão para a praia. Não tem nada de folga. Vão cumprir um dever cívico que é participar de uma eleição municipal, que é importante".
Nada mais justo, então , que nós tenhamos esse período em recesso branco de nossas obrigações para analisarmos os candidatos para executarmos nosso dever cívico de votar , não acha?

Se fosse o Rubinho...

Massa abandonou na antepenúltima voltando, quando era líder.

Se fosse o Rubinho... estaria todo mundo tirando sarro, xingando. Como é o Felipe, a turma fica com dó.

Ah, aparentemente Massa não é tão simpático e carismático como dizem.

Não é pecado em Pequim

Na China a turma dorme em público, conversa abertamente sobre vários assuntos constrangedores, passeia de pijama à noite.

E você dizendo que eles não têm liberdade nenhuma? Não queria fazer essas coisas?

Hehe, guardadas as devidas proporções...

E não me venham com chourumelas!

Carlos Nuzman, hábil como só ele, para tranquilizar a delegação de esportistas brasileiros que, classificados no INTERUNESP, estão indo pra China disputar as olimpíadas, afirmou que os atletas não devem se preocupar com a poluição.
Se é ele quem está dizendo, né?

Bom, pelo menos os atletas da cidade de São Paulo não devem sentir grandes dificuldades de adaptação...

sábado, 2 de agosto de 2008

Nota sobre as eleições em Cândia

Inteior de São Paulo. Conversa de ônibus.

_Em quem a senhora vai votar nessa eleição, dona Joaquina?
_Vou votar no Fulano (não quero fazer propaganda)...
_Mas dona Joaquina, não te incomada que ele seja um canalha?
_Não, pelo menos eu sei o que esperar dele... Ah, e além do mais, ele me deu uma cesta básica...
_Uma cesta básica? A senhora não tem vergonha de vender seu voto a um preço tão baixo?
_Não, nenhum um pouco. Primeiro comer, depois a moral...

É o curralismo lancinante!

Você é um Monet?

A pergunta pode parecer estranha, ainda mais porque evoca o célebre pintor francês Claude Monet (1840-1926), autor do famoso quadro Impression, soleil levant, que serviu como matiz para o batismo da vanguarda Impressionista. Mas ressalvo desde já que não se faz necessário qualquer dote ligado às artes plásticas nem requer conhecimentos profundos de História da Arte para responder a questão proposta. Ser Monet, ao pé da letra, significa ser algo de longe (para bom) e outra coisa completamente diferente de perto (geralmente, para ruim). Ou seja, Monet criava paisagens deslumbrantes com complexos jogos de luz e várias nuances de cores, mas olhando com proximidade a tela do famoso pintor, nota-se apenas “borrões” de tintas. Somos assim: de longe uma bela paisagem e de perto insignificantes borrões. A metáfora soa meio piegas, mas é assim mesmo.
Antes que alguém me processe por plágio adianto que essa metáfora não é minha. Eu a vi em um filme inesquecível (no mal sentido da palavra inesquecível, pois o repetem tantas vezes na sessão da tarde que ele já rivaliza em números de exibição com A Lagoa Azul): As Patricinhas de Beverley Hills (Clueless, 1995, direção de Amy Heckerling). Uma patricinha desse filme diz que determinada garota é bonita. Outra, com asco, rejeita: “Que horror! Ela é um Monet! De longe pode parecer bonita, mas de perto não”. Então aproveito a metáfora para falar do mundo da política e da fama, já que ambos buscam a mesma coisa: o poder.
Veja o caso até de Lula e sua geração. José Dirceu, ex-ministro Chefe da Casa Civil e José Genuíno, ex-presidente Nacional do PT, eram comunistas ferrenhos e pegaram em armas contra a Ditadura Militar, hoje são acusados de atos políticos ilícitos. O presidente Lula, líder sindical nos anos 70/80 e que pretendia mudar o contexto social do Brasil, hoje segue modelos governamentais que criticava.
E o bonitão e esportista Collor, esse obscuro objeto político, criou toda aquela áurea de bom menino, bonitão, o “caçador de marajás” e, no entanto, deu no que deu: colloriu todos os narizes brasileiros de vermelho, como palhaços, com o perdão do trocadilho já desgastado.
Vários políticos são borrões: vemos suas boas intenções, sua plataforma eleitoral que promete fazer mundos e fundos para a melhoria do povo, de um caráter e retidão tão convincentes que parecem messiânicos, mas que na verdade são borrões na história política brasileira. Há os casos clássicos de pessoas que nunca foram Monets, como é o caso de Paulo Salim Maluf e seu compadre de política ACM. Sempre borrões, desde crianças. Esses são os típicos casos de que se cogita que formaram uma aliança com o demônio.
E há os casos das celebridades. Veja Frank Sinatra, com toda sua fama de garanhão e macho domador, era corneado passivamente pela bela Ava Gardner. Madonna, um vulcão que buscava a imagem de “mulher moderna”,era espancada pelo marido Sean Penn e aceitava a situação como uma “mulher de Atenas”. Tristes paisagens!
Ronaldo Fenômeno também parecia ser uma bela paisagem do malandro brasileiro (no sentido carioca de boêmia, não no sentido de larápio), grande amante da alma feminina (mas especificamente do corpo), com toda aquela seleção de loiras namoradas modelos, mas revelou ser um borrão com a história dos travestis.
E assim segue vários exemplos na história, na política, nas artes e com todos os mortais da terra.
Mostre-me uma mulher recatada e casta e eu lhe mostrarei que há nela uma meretriz perversa. Mostre-me um cara legal e eu lhe mostrarei um chato. Mostre-me um homem honesto e eu lhe mostrarei um filho da puta. (Principalmente nesse país onde ser sincero é o mesmo que ter asas).
Até em relação às crianças pode se aplicar essa idéia. Reza a lenda que crianças são puras, o que vem a ser uma grande bobagem de acordo com nova maneira freudiana de encarar o mundo. Sim, elas podem ser puras, mas são de uma pureza edipiana.
São muitas paisagens que na verdade são borrões. Quem quer viver só de imagens, tem um teto de vidro. É, todos somos Monets.

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Está dada a largada...

Ontem, ocorreu o debate eleitoral na TV Bandeirantes que inicia efetivamente a disputa pela prefeitura de São Paulo.

Um pouco diferente de outras eleições, viu-se curiosamente um debate sem conflitos diretos e explícitos entre os candidatos.

Agora resta saber se começa a corrida pelo cargo maior da prefeitura, a partir de discussões com maior conteúdo, com uma maior discussão sobre os reais problemas da cidade, ou se há o chamado "rabo preso" dos canditados.

Vale lembrar que os mais cotados (Marta, Kassab, Maluf e Alckmin) não se cansam de apresentar dados e mais dados que os justifiquem, mas que no fim das contas, não os livram da precariedade em que se encontra a capital.


Obs: Falando de eleição como eleitor, vale dizer que ainda não decidi quem eleger para prefeito, mas tenho a certeza de quem não tem a mínima possibilidade: Paulo Maluf - Cômico ou trágico?

proposta inocente

A candidata a prefeita da cidade de são paulo Soninha Francine do PPS tem uma proposta muito interessante , baseada num programa holandês , que, sem investir um centavo em infra-estrutura, saúde , educação ou segurança, deve deixar a população bem mais tranquila.
Esse programa deve trazer grandes incentivos pra agricultura também...