sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Capitulismo em crise (segunda edição)

Mais um editorial televisivo de Prefácio de Oliveira (aviso aos desavisados: isso é um texto de humor... já vieram me dar bronca, porque tava tudo errado, era estilo do diretor e tal... fiz algumar alterações pra ficar menos sério):

A Rede Globo não é mais a mesma. A crise atravessou as portas da emissora carioca e até o telespectador pode perceber que já começaram os cortes no orçamento. A maior prova disso é o minissérie Capitu, que tem séries restrições orçamentárias.

Vamos às provas do corte de despesas que a Globo está fazendo na minissérie. Começemos pelo título. Ao invés de um longo "Dom Casmurro", eles optaram por apenas seis letras. Economizaram também no escritor e no roteirista, porque foi só pegar um texto pronto.

A pindaíba na frente das câmeras é tanta que o personagem Bento mais velho tem que usar um bigode pintado. Não havia dinheiro para comprar um bigode falso! E ainda pra economizar em cenário pra um Bentinho na adolescência e outro na maturidade, botam os dois no mesmo lugar! Pra economizar em takes, botam os dois conversando!

E as cenas com metrôs, carros ao fundo? Estilo, dramatização? Não! É economia em cenários também! Ou o responsável pela seqüência foi demitido por conta da crise e ninguém notou os carros no fundo!

Recapitulando: eles cortaram gastos em cenários, personagens, figurino! A crise está brava pro lado da vênus prateada. Daqui a pouco eles começam a passar novela mexicana, pregacão de pastor e fazem aqueles cenários de animação virtual.

__________________________________________________________
Prefácio de Oliveira é piloto-de-testes de controle remoto

Um comentário:

thiago meia disse...

acho que não há crise não!
a globo contratou o cara do edward mãos de tesoura pra bolar o ambiente da mini-série...
isso sem contar no regime que meteram o bento santiago pra parecer tanto com o carinha do nightmare christmas!