sexta-feira, 31 de outubro de 2008

um pouco de escatologia, a contra gosto

Um uruguaio experimentando a justiça brasileira.

É só aqui que o torturador militar sádico maldito não é um animal em exinção.
Não há na fauna inteira aberração ou peste qualquer que o deseje em sua cadeia alimentar. A besta em questão pertenceria a outro tipo de cadeia.
É uma especie que se mistura bem com os indivíduos autóctones (espécie verde-oliva) nos encanamentos de tratamento de esgoto do país. 
Aliás, é o unico lugar onde são retidos.
 

Um comentário:

Osvaldo disse...

O que me deixa furioso é que a porcaria da ditadura tem todos os dedos de fdp’s do colarinho branco que e de vilões passam a ser mocinho...

Nesse país tudo prescreve...